• Bee Mel

Faveira: conheça a flor que dá origem ao nosso mel amargo e exótico

Atualizado: Out 26

Resgatamos o sabor marcante desse mel de florada típica piauiense que quase nenhum apicultor produz e que agora chega ao mercado em micro lote da Bee Mel


Por Teresa Raquel Bastos

Em primeiro plano, uma fava já formada da árvore faveira e ao fundo apicultores da Bee Mel colhendo mel de faveira
Colheita de mel de faveira no período mais seco do Piauí - Bee Mel

Um mel de sabor meio amargo, com notas que lembram casca de laranja seca, chocolate, café e especiarias como cardamomo e anis estrelado. Parece mentira, mas não é! Essa é a análise sensorial do mel de faveira, que nós da Bee Mel estamos resgatando a tradição e a história através da produção sustentável de micro lotes de mel dessa florada nativa que surpreende os paladares mais exigentes e curiosos.


Para falar desse mel incrível, primeiro devemos apresentar a origem botânica dele. A faveira (Parkia platicephala) é uma árvore do Cerrado piauiense de extrema importância para a resistência e a convivência do homem do campo com o clima árido. Isso porque ela é uma fonte de sobrevivência no período mais seco do ano, quando floresce e frutifica. Suas flores em forma de bolotas, encharcadas de néctar, matam a fome das nossas abelhas no B-R-O-Bró, que por sua vez são polinizadas por esses insetos, gerando favas que complementam a alimentação de caprinos, ovinos e bovinos até as chuvas voltarem.



Veja também: O favo de mel é comestível?


O resultado desse delicado ciclo da natureza é um mel de sabor intenso, cor âmbar avermelhada, com consistência mais densa e de reconhecida raridade, já que a maior parte produzida fica para as abelhas esperarem a próxima florada. Nós da Bee Mel só colhemos mel das melgueiras, jamais mexemos nos méis dos ninhos, onde ficam as reservas melíferas das colmeias.


Favo de mel de faveira sendo tirado da colmeia durante a colheita da Bee Mel, no Piauí, durante o período de seca. Floradas especiais e raras.
Favo de mel de faveira do nosso apiário no Piauí - Bee Mel

Além de ter a produção limitada pelo clima seco, há ainda apicultores que evitam comercializar o mel de faveira porque torcem o nariz para o amargor típico, sem perceber o potencial gastronômico desse mel exótico. Pode fazer o teste: busque na internet "mel de faveira" e veja que há pouca coisa publicada sobre essa iguaria - a melhor que encontramos foi essa reportagem da Revista Globo Rural de abril de 2004. Nós da Bee Mel queremos mudar isso, justamente por acreditarmos que esse mel é realmente gostoso e especial. Ele merece ganhar o mundo e a sua mesa!


Você também vai adorar ler: Reportagem sobre a Bee Mel na Revista Globo Rural


E se depender dos feedbacks que recebemos, isso já está começando a acontecer. Na degustação com clientes de paladar mais desenvolvido, como chefs de cozinha e sommeliers de vinho, e que experimentaram em primeira mão, a recepção foi excelente, especialmente entre os que afirmam ficar enjoados na primeira colherada de méis de doçura mais alta (como o da florada de marmeleiro e de mororó). Ele mantém seu perfil aromático intenso do início ao fim, deixando um retro gosto meio amargo delicioso na boca. Um mel de complexidade alta, uma verdadeira explosão de notas exóticas em uma colherada!


Mel de faveira de cor âmbar avermelhada e consistência densa.
Mel de faveira, de sabor amargo e exótico, com altíssimo potencial gastronômico

O mel da faveira só estava um pouco esquecido entre os apicultores. E agora a Bee Mel leva esse sabor único da natureza até você!


Compre mel de faveira através do telefone 86 98142-9075 ou pelo e-mail beemelpi@gmail.com. Em breve nosso e-commerce estará no ar!


DELIVERY DE MEL EM TERESINA


Análise sensorial

Quais notas posso sentir nesse mel?

A flor da árvore faveira confere naturalmente ao mel notas exóticas que lembram casca de laranja seca (tipo aquela que a avó da gente pendura na janela para fazer chá), anis estrelado, cardamomo, café e chocolate amargo. Para mim (Teresa), lembra o gosto daquela barrinha de chocolate com laranja que eu comia na infância, mas com notas de especiarias. Essa análise é um resumo de nossas percepções de sabor, aroma e textura sobre o mel, seguindo as orientações da mais tradicional associação de "sommerlieres de mel" do mundo, a Italian National Register of Experts in the Sensory Analysis, onde fiz curso introdutório de análise sensorial de méis. Sinta-se à vontade para compartilhar suas percepções sensoriais, queremos saber! <3



Por que o mel da faveira é exótico?

Seu sabor um tanto amargo foge completamente da ideia comum de um mel. Em geral, o brasileiro consome méis de alta/média doçura, como os das floradas de marmeleiro, mororó e laranjeira. Além disso, é um mel difícil de encontrar já que poucos apicultores apostam no beneficiamento e venda desse produto.


Por que ele é um mel raro?

O mel de faveira é um mel de entressafra, produzido em menor escala justamente por respeitarmos o bem estar das abelhas. Em setembro de 2021, de 30 colmeias, apenas 12 tiveram mel suficiente para a colheita. Por isso resolvemos criar o nosso primeiro micro lote de Floradas Especiais Bee Mel, para levar aos nossos clientes e amigos a oportunidade de ter a experiência de consumir um mel raro e de sabor exótico.








70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo